Ultimas noticias!

1ª Feira de artesãos !!!

1ª Feira de artesãos !!!
Guarda do cubatão Palhoça

Minha família

Minha família
Turma da pesada!!!!

Seguidores

Essa aqui sou Eu!!!!!

Minha foto
Tenho 48 anos, pinto, bordo, costuro e ainda trabalho fora. Comecei cedo a brincar com artesanato,Meu primeiro trabalho nunca esqueci, um beija flor alaranjado(so tinha um vidro de laranja e um de preto) mas acho que ficou interesante pois minha mãe me encheu de tinta e pinceis, tinha 12 anos e pintava com uma furia. naquele tempo não havia variedade de revista, só riscos que comprávamos na papelaria. pintei com a cara e a coragem por 6 anos até que fui fazer curso na profissional ai endoideci fiz pintura, arte aplicada, flores, bordado a mão, corte costura tudo que aparecia eu encarava. Fui seguindo o artesanato por todos esses anos, uma aulinha aqui, uma revista ali, tudo que aparece-se na tv. Até que achei a net, ai pirei de vez, todo dia acho algo novo que com um pouquinho de paciência consigo aprender. Sou isso uma Artesã com muito orgulho!!!!!

segunda-feira, 16 de julho de 2018

A 1ª Feira a gente nunca esquece!

Faço arte a vida inteira e vcs acreditam que nunca fiz uma feira?
Pois é  até sábado passado nunca tinha pensado seriamente nisso.
A uns 15 dias surgiu a ideia através da minha cunhada. Prof de taekondoo.  Liguei e combinei.
Material pra expor  eu tenho, afinal 12 bonecas prontas enchem fácil uma mesa.
Pra desencargo de conciencia fiz um cento de brigadeiros. Porque assim de cara é difícil vender bonecas. Foi a sorte rsrsrs vendi os doces enquanto o povo namorava as bonecas.


Quase morri de frio de manhã cedo mas conheci o povo do meu bairro, fiz uns amigos novos e já estou engajada pra próxima em setembro.
As bonecas voltaram todas pra casa, mas vendo a feira já tenho ideias de valores mais acessíveis e bonecas menores que talves sejam mais vendáveis, como tenho material guardado o investimento real sera menor. Acho que vai funcionar. Em setembro eu conto pra vcs






segunda-feira, 9 de julho de 2018

O Jardineiro e o pé de salsa!

A cada quinze dias o Jardineiro vem me ajudar com o quintal. Corta a grama, capina faz de um tudo.
Criado na roça conhece as plantas, entende oque é mato e oque é flor, coisa muito difícil nos dias de hoje.
A uns dias atraz ele veio fez os canteiros carregou a terra, deixou tudo pronto pras mudas e sementes. Eu feliz da vida comecei a plantar, cebola, brócolis, beterraba, alface, todo dia algo novo.
Encontrei mudas de couve na floricultura e um solitário pé de salsa que trouxe pra casa.
Sábado de manha me acordei com o barulho do portão. É dia de jardinar.  O trabalho foi correndo tranquilo até  que  peguei a caixa com as mudas e disse:
- Jou plante essas couves aqui e ali na cabeceira do canteiro a muda de salsa.
Ele me olhou ,pegou a mudinha, examinou pensou e me disse bem sem graça:
- Dona não me leve a mau mas eu não planto a salsa não.
Disparei um porque incrédulo e de resposta ouvi:
- Sabe , dizem os antigos que quem tem mãe viva não deve plantar salsa, o negocio não vinga e a mãe morre.
Desabei na maior gargalhada e disse:
-Tudo bem! me a joelhei na terra e plantei a muda sob os protestos dele.
15 dias se passaram, eu  e chuva fizemos nossa parte e tudo vem vindo de maneira exuberante.
A horta vem prosperando e novamente é dia  de jardineiro.
Mais um canteiro, mais algumas sementes, a grama aparada tudo em ordem. Quando olho  o rapaz na beira do canteiro olhando a salsa sismado.

- É a salsa esta bonita e a sua mãe como esta?
Eu não esperava pela pergunta e respondi sem pensar em meio a uma gargalhada:
Minha mãe tá bem, ela já é perebenta por natureza e não vai ser um pé de salsa que vai derruba-la
minha hortinha crescendo

Tive que vir contar isso pra vcs.
E ai quis são suas crendices populares?
Conte vou gostar de saber.