Minha família

Minha família
Turma da pesada!!!!

Seguidores

Essa aqui sou Eu!!!!!

Minha foto
Tenho 43 anos, pinto, bordo, costuro e ainda trabalho fora. Comecei cedo a brincar com artesanato,Meu primeiro trabalho nunca esqueci, um beija flor alaranjado(so tinha um vidro de laranja e um de preto) mas acho que ficou interesante pois minha mãe me encheu de tinta e pinceis, tinha 12 anos e pintava com uma furia. naquele tempo não havia variedade de revista, só riscos que comprávamos na papelaria. pintei com a cara e a coragem por 6 anos até que fui fazer curso na profissional ai endoideci fiz pintura, arte aplicada, flores, bordado a mão, corte costura tudo que aparecia eu encarava. Fui seguindo o artesanato por todos esses anos, uma aulinha aqui, uma revista ali, tudo que aparece-se na tv. Até que achei a net, ai pirei de vez, todo dia acho algo novo que com um pouquinho de paciência consigo aprender. Sou isso uma Artesã com muito orgulho!!!!!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

P.S. Eu te amo!!

As meninas dizem que estou assistindo muito filme de ação, mas dessa vez Reasisti P.S. Eu te amo-Holly Kennedy (Hilary Swank) é uma jovem bonita, feliz e realizada. Casou-se com o homem de sua vida, o divertido e apaixonado Gerry (Gerard Butler)( A cena em que os dois brigão no inicio do filme é hilaria). Mas ele fica doente e morre, deixando Holly literalmente fora de orbita( e sem tomar banho harg). Antes de falecer, Gerry deixa para a esposa uma série de cartas. Mensagens que surgem de todas as formas possiveis, sempre assinadas da mesma forma: "P.S. I Love You". A mãe de Holly (Kathy Bates) e as melhores amigas dela, Sharon (Gina Gershom) e Denise (Lisa Kundrow), estão preocupadas porque as cartas mantém a jovem presa ao passado. Mas na verdade são elas que a ajudam mais que tudo. Filme delicado, triste e alegre ao mesmo tempo. Assisto e recomendo.

5 comentários:

ABOBORINHA MADURA (Helena) disse...

Olá Eliane

Já vi esse filme e adorei. Temos gostos parecidos.
Estou pela 1ª vez a comentar no teu blog, porque estou num computador emprestado. Vou dar-te uma dica: se fores a Esquema/Definições/Comentários e no 3º item clicares em página inteira, todas as meninas podem comentar independentemente da configuração da net que tiverem.
Quero agradecer-te todos os comentários que me tens feito, com muito carinho, e dizer-te que muito me tem custado não te poder dizer nada, é que se tens mail no blog eu não consigo ver, senão já te tinha escrito.
Obrigada por seres minha seguidora assídua, apesar de nunca teres tido uma palavra minha, e presumo que nunca te ocorreu o motivo.
Se utilizares a minha dica vais ver que vais ter muitos mais comentários.
Muitos beijinhos
Helena

Roberta M. disse...

Esse eu adoro Eli, é muito lindo e a trilha sonora é maravilhosa, mas eu gosto de filmes de açao tb, só que alguns, adorei Bastardos Inglórios, e esse é mega violento, então depende muito, beijocas lindona

Sandra Peres disse...

Amei esse filme, embora seja muito mais os filmes de ação e comédia!!!

Marilia disse...

Eliane, chorei e chorei e chorei, este filme foi um dos últimos que eu vi de romance da atualidade. Eu achei lindo demais, vi várias e várias vezes, o filme é ótimo (e diga-se de passagem que o Sr. dos Anéis não me ouça o ator tb), eu achei a trama muito inteligente e singela. Parabéns pelo gosto, lindinha, te adoro.

luciane disse...

Oi minha querida!
Sobre minhas reclamaçóes... eu não estou descontente, como se não tivesse gostado das minhas férias. Não, não é isso. Estou triste, muito triste com o que está sendo feito com o litoral de SC.Triste de chorar quando cheguei no Farol de Santa Marta depois de 15 anos sem ir até lá, um dos lugares mais lindos do litoral simplesmente destruído pelo turismo predatório burro e insustentável. Uma rua onde era praia, duas linguas negras de esgoto escorrendo diretamente para aquele mar transparente, que ainda assim, lutando sabe-se lá como, continua lindo, repleto de peixinhos que vem mordem nossos pés quando estamos na água.
Mas nem os peixinhos são capazes de esconder o mal cheiro da praia. Ou fazer cessar o barulho daquele tipo de turista que para seu carro na areia, abre o porta malas, liga a pior música possível no último volume, enche a cara de pinga e vai embora no fim do dia.
é este turista que SC quer?
Por isso estou triste, porque estou vendo SC destruir o seu maior patrimônio. O turismo tem que ser sustentável, esta é uma premissa básica, ele não pode se auto consumir, sob pena de ser inviável. E o Farol (um dos lugares que mais amei na minha vida) é o maior exemplo deste turismo predatório e destrutivo.
Mesmo na Guarda que amo, amo, amo e quero comprar uma casa, dói no coraçao ver o esgoto escorrendo em plena rua e a placa de água imprópria!!!
é isso minha querida, eu estou triste porque estou vendo a beleza estonteante de SC ser destruída pela falta de poder público, que me parece totalmente ausente e incapaz.
Mas eu volto sempre, porque amo esta terra e seus conterràneos, tanto que casei com um barriga verde de Joinville!!! kkkk, mas é preciso falar o que está errado, reclamar, colocar o dedo na ferida para ver se algo muda.
Beijos
Lu