Minha família

Minha família
Turma da pesada!!!!

Seguidores

Essa aqui sou Eu!!!!!

Minha foto
Tenho 43 anos, pinto, bordo, costuro e ainda trabalho fora. Comecei cedo a brincar com artesanato,Meu primeiro trabalho nunca esqueci, um beija flor alaranjado(so tinha um vidro de laranja e um de preto) mas acho que ficou interesante pois minha mãe me encheu de tinta e pinceis, tinha 12 anos e pintava com uma furia. naquele tempo não havia variedade de revista, só riscos que comprávamos na papelaria. pintei com a cara e a coragem por 6 anos até que fui fazer curso na profissional ai endoideci fiz pintura, arte aplicada, flores, bordado a mão, corte costura tudo que aparecia eu encarava. Fui seguindo o artesanato por todos esses anos, uma aulinha aqui, uma revista ali, tudo que aparece-se na tv. Até que achei a net, ai pirei de vez, todo dia acho algo novo que com um pouquinho de paciência consigo aprender. Sou isso uma Artesã com muito orgulho!!!!!

terça-feira, 29 de junho de 2010

Minha Avó

Sentada no mármore  frio ouvi o telefone tocar. Passei a mão na pedra fria, mas já estava em minha cama novamente. Como boa covarde que sou deixei o telefone gritar e chorei baixinho. Não queria essa noticia de jeito nenhum, mas não tive como fugir dela quando tocou novamente. Minha lembrança mais antiga é do caminho pra casa dela quando saltávamos do ônibus e minha mãe caminhava comigo pela mão. Dela sentada na maquina de costura (Que eu uso hoje) costurando pra mim e meus irmãos, a saia de babado com a blusa de preguinhas, a calça social de meu pai ( sempre tinha um defeito) o vestido de primeira comunhão. O Croche pro neto que ia nascer, biquinhos no pano de prato e bolachas no natal. Religiosa ao extremo não ficava sem sua missa, sua rede Vida e seu rosário. De todas a netas que teve eu fui a segunda, mas primeira que ela pegou no colo num tempo muito difícil. Aprendi a escrever literalmente  as palavras necessário e necessidade  com ela em uma pagina de caderno com sua  letra de professora em cima. Viuva e viva dedicou se aos filhos , netos e bisnetos, foi costurando a vida , um pedaço aqui outro ali. Sempre tínhamos a sua benção mesmo que não a predissemos.
A idade foi chegando e levando a cada dia um pedacinho dela de nos até que hoje as 8:00 da manhã quando o telefone tocou pela segunda vez fui obrigada a atender pra ouvir que ela parti de vez. Minha ultima lembrança foi de sua mão magra na minhas e dizendo  Deus te abençõe ( mal pude compreender  as palavras) na ultima visita que fiz  a ela.

6 comentários:

Bordados e Retalhos disse...

Lamento muito. O seu texto emociona pelas palvras e pela forma como você conseguiu expressar a dor e beleza de avó que teve. Fique bem amiga, só posso dizer isso pois nesssa horas sentir a dor é inevitável. Bjs

Marília e Gigi disse...

Amiga nem sei o que dizer, infelizmente não tive uma figura consaguínea como essa, mas tive muitas figuras que tomaram esse trecho de minha vida e partida delas realmente é muito dolorosa.

Yoyo Pizy disse...

Ô querida, sinto muito pela sua perda.
Um grande beijo

Ro disse...

Ai Amiga , eu sinto tanto.
Tenho pra mim que amor de avó é especial , tem um lugar no coração só pra elas.
Guade a sua com muito carinho , dentro de você e em cada pontinho de costura que fizer , ela sorrirá pra você.
Deus te abençoe muito.

Roberta M. disse...

Poxa querida, sinto muito mesmo, perder minhas avós foi a pior coisa que podia ter acontecido para nós, que ficamos órfãs desse carinho tão especial que só uma vó sabe e pode dar, rezemos por ela!! Grande beijo!!!

Carmen disse...

sem palavras, eli!
espero que o tempo te ajude a superar essa perda. tb tenho minha avosinha e nem quero pensar qd ela se for tb.
beijinho amiga!