Minha família

Minha família
Turma da pesada!!!!

Seguidores

Essa aqui sou Eu!!!!!

Minha foto
Tenho 43 anos, pinto, bordo, costuro e ainda trabalho fora. Comecei cedo a brincar com artesanato,Meu primeiro trabalho nunca esqueci, um beija flor alaranjado(so tinha um vidro de laranja e um de preto) mas acho que ficou interesante pois minha mãe me encheu de tinta e pinceis, tinha 12 anos e pintava com uma furia. naquele tempo não havia variedade de revista, só riscos que comprávamos na papelaria. pintei com a cara e a coragem por 6 anos até que fui fazer curso na profissional ai endoideci fiz pintura, arte aplicada, flores, bordado a mão, corte costura tudo que aparecia eu encarava. Fui seguindo o artesanato por todos esses anos, uma aulinha aqui, uma revista ali, tudo que aparece-se na tv. Até que achei a net, ai pirei de vez, todo dia acho algo novo que com um pouquinho de paciência consigo aprender. Sou isso uma Artesã com muito orgulho!!!!!

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Amor Proprio


Amor próprio,  guardei no fundo de um armário bem escondidinho pra ninguém ver. So via o ponteiro da balança subindo, o cabelo branco  e sem brilho as unhas, meu antigo orgulho, descascadas.Meu reflexo dizia tudo!!!! Onde esta a auto estima dessa mulher? Perdeu-se a muito tempo.

Agora como Fenix ressurjo das cinzas de meu incêndio particular (aquele que falei no ultimo Post)Por muito tempo lutei pra me manter mais ou menos em dia.
Amor Próprio é tão difícil de manter, as vezes nos mesmo o detonamos outras vezes nossos semelhante  da uma maozona nisso.
Quando bebe, nossa como ela é magra ou os cochichos de que bebe mais feio, ai cresce que criança feia, adolescente desengonçada, cabelo horroroso e por ai a fora vão as criticas e o infeliz vai murchando até ser um trapo. Ai é criticado novamente pela falta de amor próprio. Que os venenosos plantaram a vida inteira.
Claro tem aqueles que vão se afundando em trabalho em problemas e o amor próprio vai ficando pra traz até que explodi e vc acorda se vendo uma velha no espelho.
O meu amor próprio sempre viveu na corda bamba, por isso não estou tão mau na foto. Em mim os problemas são mais de auto estima, sentimentos de fraqueza e impotência perante a vida.
Esse é meu post sobre amor próprio da blogagem coletiva Da Glorinha Va conhece-la. Essa reflexão ainda não acabou mas eu tenho que agradecer a idéia dessa amiga.  Essa blogagem veio em momento que minha vida esta dando uma guinada e a cada semana tenho que encarar minha vida para poder escrever.
Sei que tudo isso seria pensado  de qualquer forma, mas ter o apoio de tanta gente falando sobre cada um desses assuntos me fez mais leve. Então obrigado Glorinha por essa  brincadeira tão séria.

19 comentários:

Manuela Freitas disse...

Querida Amiga,
Tenho andado a ler os bloguistas que aderiram e sabes todos mós temos altos e baixos. Em cada idade da nossa vida tivemos que lutar com as nossas exigências e com as provocações dos outros. Tivemos que nos tornar «grandes» e ter aquele amor próprio necessário para estarmos bem connosco e com os outros.
Beijinhos,
Manú

Socorro Melo disse...

Oi, Eliane!

É bom ressurgir das cinzas, pois, voltamos mais fortes, mais determinados. Todos nós somos acuados, forçados até a desistir dos nossos sonhos, por vezes, mas, o que importa é nos amarmos como somos, com nossas qualidades e defeitos, e alavancar, erguer a cabeça e dar a volta por cima, sempre.
Beijos
Socorro Melo

Macá disse...

Eliane
Parabéns! Li seu post de hoje, mas não contente, fui ler mais um pouquinho e vi aquela fogueira toda, apagando um pouco do seu passado.
Mas viu como foi bom? Você ressurgiu melhor, auto estima em alta, quer coisa melhor?
Um beijo grande

Tati Pastorello disse...

Sua reflexão foi grande, Eliane! Eu falei coisas parecidas, hehehe... Acho que o tema nos leva mesmo a refletir, a rever nossa vida, nosso comportamento e as emoções envolvidas.
Parabéns por seu texto.
Um grande beijo.

Bordados e Retalhos disse...

Querida, vc se desnudou diante da Blogagem Coletiva, se desnudou para nós també, mas principalmente pra vc mesma. Isso faz bem, tenha certeza. Vc é uma pessoa linda, acredite!Gosto muito de vc. Bjs

Meru Sâmi disse...

Você é linda!
Seu post me tocou muito, pois trabalho com as mulheres, exatamente essa questão; o auto-abandono, até que um espelho estressado um dia não segura a língua.E, graças a Deus, pois daí em diante é raro uma não renascer.
Parabens pela força, coragem e sobretudo por não ter medo de se expôr.

Beijos

Silvia disse...

É isso aí!
Lute contra tudo e contra todos se for necessário, mas vencerás sempre, pois és uma mulher forte, de garra, de fibra e como toda brasileira, não desista nunca!
Bjs, ótimo final de semana!

orvalho do ceu disse...

Olá,Eliane
Ótimo dia para a gente refletir sobre nossa conduta pessoal.
A INTEGRAÇÃO do nosso ser é processo que vale a pena!
Harmonia e abraços fraternais

Gina disse...

Eliane, a blogagem pode ser um passatempo, mas os assuntos são muito sérios, profundos.
Acho bacana você mostrar como está vivendo esse problema e superando, o que é melhor ainda!
A gente não precisa seguir modelos que nos foram impostos, a ponto de nos fazer acreditar que realmente somos assim, não é verdade?
Um ótimo dia pra você e bola pra frente!

Glorinha L de Lion disse...

Olha Eliane, eu é que tenho que agradecer, estou aqui chorando após te ler...hj recebi vários presentes em forma de textos, de catarses, de colocar pra fora o que incomoda...eu sou a privilegiada de poder reger essa nossa orquestra, cheia de gente da mais alta estirpe, de gente com alma e coração. beijos e seja feliz!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

A questão do amor próprio é uma das mais complicadas que temos internamente.
Somos criados e treinados para não gostar da gente mesmo. A gente aprende a polir defeitos, procurar erros, ver o que não está bom. Mas ninguém nos educa para apreciarmos o que temos de bom.

Veja que nossa educação é tão errada, nossa forma de pensar tão distorcida que mesmo uma pessoa maravilhosa como vc é encontra motivos para não ter carinho consigo mesma.

Mas que bom que vc tem a noção do seu valor hoje. Da mulher bacana que é.

Cris França disse...

Ola Eliane, vim te conhecer, linda mensagem nas entrelinhas do que escreveu, beijos

Nilce disse...

Oi, Eliane

Temos sempre, em nossas vidas, altos e baixos. Não acredito em autoestima elevada o tempo todo. Há os contratempos da vida e deles não há como escapar, podemos até lutar e vencer, mas fugir, jamais.
Reviver e renovar-se sempre é o meu lema.
Que sua determinação seja constante.

Bjs no coração!

Nilce

Yoyo Pizy disse...

Elaine querida,
Realmente essa brincadeira está mexendo com os nossos corações, estamos colocando para fora os nossos fantasmas e isso só faz bem, acredito eu.
Beijinhos

Beth/Lilás disse...

Oi, Eliane!
Menina, realmente esta brincadeira da Glorinha acabou em posts sérios e reflexivos, auto analíticos como o seu, o meu e de muitos outros.
Parabéns pelo seu ressurgimento!
Continue assim, não se perca mais, ame-se.
beijinhos cariocas

pensandoemfamilia disse...

Olá
Juntas nas blogagens vamos trocando e percebendo que tem sido uma possibilidade de confrontos pessoais importantes.
A vida é cheia de altos e baixos e é o nosso amor próprio que nos impulsiona a vencê-los.

Néia (Dulci) disse...

Olá, estou conhecendo seu blog hoje, amei seu texto. Penso que nossa autoestima passa por fases diversas, às vezes nos vemos piores, outras nos animamos, tudo depende do que vai acontecendo no dia a dia. E existem pessoas que nos deixam melhores, com seu jeito de viver, de pensar, assim acabam levantando e melhorando nosso astral. Percebi pelo que escreve que vc tem esse dom! Bjos

Marília e Gigi disse...

Linda, eu tenho altos e baixos de amor próprio, acho que é assim com todo mundo. Todos nós temos diversos problemas e com isso vem a falta do amor próprio, pq acabamos nos afundando neles. Mas ele volta, ah volta, o amor próprio (Graças a Deus) é insistente!

Ro disse...

Eliane , tenho andado sumida , e é tudo culpa do Maridão.
Homem de férias relaaaaxxaaa a gente!
Mas , deu tempo de fazer o sorteio e adivinha quem ganhou uma caneca?
Eita Beesha sortuda!!!
Me mande seu email com seu endereço por favor.
umgatomia@hotmail.com
Mil beijos