Minha família

Minha família
Turma da pesada!!!!

Seguidores

Essa aqui sou Eu!!!!!

Minha foto
Tenho 43 anos, pinto, bordo, costuro e ainda trabalho fora. Comecei cedo a brincar com artesanato,Meu primeiro trabalho nunca esqueci, um beija flor alaranjado(so tinha um vidro de laranja e um de preto) mas acho que ficou interesante pois minha mãe me encheu de tinta e pinceis, tinha 12 anos e pintava com uma furia. naquele tempo não havia variedade de revista, só riscos que comprávamos na papelaria. pintei com a cara e a coragem por 6 anos até que fui fazer curso na profissional ai endoideci fiz pintura, arte aplicada, flores, bordado a mão, corte costura tudo que aparecia eu encarava. Fui seguindo o artesanato por todos esses anos, uma aulinha aqui, uma revista ali, tudo que aparece-se na tv. Até que achei a net, ai pirei de vez, todo dia acho algo novo que com um pouquinho de paciência consigo aprender. Sou isso uma Artesã com muito orgulho!!!!!

sábado, 28 de agosto de 2010

Raiva!!!!!!!!!

Meninas to em falta com vcs , recebi comentários lindos no  post amor próprio mas por problemas aqui acabei não respondendo a ninguém. Então obrigado gente de coração.
Meu post sobre a raiva tá atrasado eu sei e to com raiva.

Sabe a expressão dia de cão pois é tive um desses ontem, Gritei, esperneei, disse o que queria e ouvi o que não precisava ou sera que precisava?.
 Mas meu problema não é a raiva em si e sim o que sobra dela no final. No meu caso: tristeza, frustração,  rancor, humilhação, dor ( minha cabeça vai explodir).
A Raiva vai acumulando um pouco a cada dia e de repente explodi, O turbilhão de palavras sem sentido que se unem e formam verdades que vc acredita, mas nem todos aceitam. Depois vem as magoas todas e vc fica um trapo, mas acho que faz parte do caos.
 Algo vai mudar em algum lugar toda vez que a raiva chegar, Pra o bem ou para o mal.
Cabe a nos saber de quanta raiva podemos dispor sem destruir o outro junto.
A minha raiva resume-se hoje a isso dor, frustração, medo.
Aqui esta minha colaboração a blogagem coletiva da Glorinha.

10 comentários:

Tati Pastorello disse...

Eliane, mesmo chegando um pouco depois chegou muito bem! Claro que não pelo sentimento, mas é que você descreveu todos os estágios e sensações tão bem...
Espero que tudo fique bem.
Concordo muito com isso: "Algo vai mudar em algum lugar toda vez que a raiva chegar, Pra o bem ou para o mal." Torço que desta vez, no seu caso, seja para o bem!
Fique com Deus.
Beijos.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eliane.
Eu te entendo, pq tb mal visitei os links da blogagem. Como a gente faz um upgrade nas horas do dia?

Qdo a gente explode em raiva, parece que tira um peso do peito. Mas é igual bebida em excesso, dá uma ressaca brava...
o que a gente faz? explode e fica de certo modo mal consigo mesmo ou segura e passa mal?

como é ruim sentir raiva...

adorei sua postagem pela reflexão obtida. bom fds

Glorinha L de Lion disse...

Eliane, obrigada por seu carinho, entendo quando as pessoas somem, pois eu tb não ando com tempo sobrando. Que bom que gostou do que escrevi pra vc e sobre vc. Quanto à raiva, minha amiga, não adianta alimentá-la, pois só sofreremos mais com isso. Não sou santa, tenho meus dias de cão, mas tenho procurado não remoer mais e perdoar mais. Beijos.

Socorro Melo disse...

Oi, Eliane!

Muito interessante o seu post. Você inseriu muitas verdades nele. A raiva é mesmo isso, é exatamente isso que ela faz conosco. Por perdermos a razão, na hora da crise,somos impulsionados a dizer e ouvir coisas que jamais seriam ditas num momento pacífico, porém, muitas vezes da crise ocorre a mudança. Desejo que essa mudança na sua vida seja para bem melhor.

Fica com Deus!
Socorro Melo

orvalho do ceu disse...

Oi, Eliane
Gostei de como se coloca em relação à raiva: explosão... turbilhão de palavras... dia de cão...
Um verdadeiro trapo como vc bem diz...
A foto mostra como ficamos... crianças birrentas e decabeladas...
Tenha excelente fim de semana cheio de paz interior.
Abraços fraternos

Nilce disse...

Oi, Eliane

Senti sua falta.

Sinto muito por você estar passando por uma fase dessas.
Mas, vai passar. Somos humanos e sentimentos são próprios do nosso ser.
É bom extravazar, só cuidando para não ficar muito ferida, nem magoar. O perdão ainda é o melhor remédio para nossas raivas.
Concordo quando vc diz que algo vai mudar quando a raiva chega. E vai mudar para o bem.
Tenho certeza!

Bjs no coração!

Nilce

Macá disse...

Eliane
Desculpe vir aqui só agora, mas entrei ontem e você não tinha postado ainda.
Já vi, tava com muita raiva!
Mas espero que essa sua explosão se reflita em algum lugar, e que seja para o bem, tá?
um beijo

Roberta M. disse...

Raiva é um dos piores sentimentos que já exprimentei e ainda exprimento infelizmente, mas tento me controlar o máximo para fazer esse sentimento ir embora o mais rápido possível!! beijos sem raiva!!!

Gina disse...

Eliane,
A melhor saída é esquecer, perdoar, essas coisas, mas na hora o sentimento já existiu, alguns pensamentos nada agradáveis já ocorreram, não é?
Boa semana!

Manuela Freitas disse...

Querida Eliane,
No dia da raiva andei à procura de seu post, não encontrei e depois passou. Eu também considero que uma raivazinha qualquer um tem, até porque como dizia a minha mãe «quem não se sente não é filho de boa gente»
Beijinhos,
Manú