Minha família

Minha família
Turma da pesada!!!!

Seguidores

Essa aqui sou Eu!!!!!

Minha foto
Tenho 43 anos, pinto, bordo, costuro e ainda trabalho fora. Comecei cedo a brincar com artesanato,Meu primeiro trabalho nunca esqueci, um beija flor alaranjado(so tinha um vidro de laranja e um de preto) mas acho que ficou interesante pois minha mãe me encheu de tinta e pinceis, tinha 12 anos e pintava com uma furia. naquele tempo não havia variedade de revista, só riscos que comprávamos na papelaria. pintei com a cara e a coragem por 6 anos até que fui fazer curso na profissional ai endoideci fiz pintura, arte aplicada, flores, bordado a mão, corte costura tudo que aparecia eu encarava. Fui seguindo o artesanato por todos esses anos, uma aulinha aqui, uma revista ali, tudo que aparece-se na tv. Até que achei a net, ai pirei de vez, todo dia acho algo novo que com um pouquinho de paciência consigo aprender. Sou isso uma Artesã com muito orgulho!!!!!

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Minha idéia é meu pincel.


Todo mundo sabe  que quando Monet pintou seus quadros mais lindos ele já estava meio segueta ( Imagine o velhinho naquele jardim lindo e vendo tudo embaçado). Ele pintou coisas lindas pois via com os olhos da alma. E nós olhamos as coisas com esses mesmos olhos? Acho meio difícil, e mais fácil ver a sujeira da parede em vez da flor que teima em nascer no vão do tijolo.Ver a criança suja de lama e só enxergar a roupa imunda enquanto que ela só ve o castelo de terra enfeitado de flores. Pra tudo  temos uma desculpa, não tenho tempo, estou atrasado, não fica no meu caminho. O tempo vai passando, as crianças crescem, as flores murcham, a vida passa e a gente só olhou as coisas feias( as contas , os acidentes, os crimes) . Tá ver tudo cor de rosa não é a  solução mas pode ser o caminho. As  flores de Monet sempre me intrigaram até o dia que entendi que temos que fazer o melhor com o que temos disponível. Existem pedras, faça uma calçada e mostre quem vc é.Olhe pro lado e veja as flores do seu jardim.(é o que faço todos os dias, quando olho meus sobrinhos, minhas pinturas, a minha vida.).
Glorinha de Lion como sempre alguem especial. Também  uma flor do meu jardim esta novamente nos instigando a procurar dentro de nos o melhor que temos e nos obrigando a  pensar.A nova blogagem " Minha idéia é meu pincel" começa hoje dia 28/10/2010, va visita-la aqui  e participe junto conosco.

14 comentários:

Marli Borges disse...

Oiiiiiiii Eliane,
Que lindo, os jardins da alma. Adorei. Bjssssss

Ro disse...

Eliane , que delicia começar o dia com um texto destes.Uma poesia com as cores de monet.
Mil beijos

António Rosa disse...

Eliane,

Conheci o seu blogue através da lista da Glorinha e apreciei a ternura com que nos fala da vista turva e da alma de Monet. Grande abraço.

António

Violeta Nascimento disse...

Eliane,
Gostei muito da sua visita..também sou artesã e procuro viver a vida olhando tudo com os olhos da alma...como sugere sua postagem
beijo
violeta

Socorro Melo disse...

Oi, Eliane!

Somos fadados mesmo a nos desligar das coisas simples, puras e belas, e a nos ater a coisas feias e passageiras.
a tela de Monet, nos transporta a uma necessidade da alma, de paz, de silêncio, de beleza.

Ótimo o seu texto. Parabéns!
Socorro Melo

Manuela Freitas disse...

Olá querida Eliane,
Gostei bastante, que tivésses canalizado o tema, para uma crítica à sociedade. De facto tens razão, é preciso regar as flores da alma e fazê-las brilhar num sorriso para quem está ou passa por nós.
Muitos beijinhos,
Manú

Lianara **Lia** disse...

Lindo Eliane!

Precisamos cuidar do nosso jardim interior e regar as flores da nossa alma!

Beijos
Lia
Blog Reticências...

Macá disse...

Eliane
Nossa! você fez um retrato tão bom de como as vezes deixamos de ver e sentir a beleza, para nos preocuparmos com o tempo, com a sujeira. É isso mesmo.
Devemos olhar sempre com os olhos da criança que existe em nós.
um beijo

Luma Rosa disse...

A genialidade dele está justamente não por ter pintado meio cegueta e embaçado e sim porque este embaçado, conforme distanciamos, forma uma linda paisagem bem nítida. Pena que em fotografia não dá para visualizar isto!
Adorei a analogia que fez para dizer que não enxergamos aquilo que verdadeiramente importa.
Precisamos nos policiar!! (rs*) Beijus,

Glorinha L de Lion disse...

Oi Eliane, vc disse tudo. É importante enxergarmos com a alma e não só com os olhos. Como bem disse a querida Luma, ao nos distanciarmos das coisas é quando as vemos melhor. Bonito seu post. Obrigada por me achar uma "flor" no seu jardim! Beijos.

Malu Machado disse...

Olá Eliane,

Quanta ternura no seu texto.

Sem dúvida uma participação especial nesta blogagem. Adorei conhecer seu espaço!

Bj,

Lúcia Soares disse...

Eliane, parece que nos descobrimos, abrimos o coração, ao mesmo tempo que olhávamos a tela.
Monet, afinal, foi genial, pois sua pintura nos faz reflexivos e nos mostra a vida, através de simples flores, água e árvores.
A natureza aflora nela (a tela) e em nós aflora uma energia interior que nos faz maiores.
Lindo o texto.
Bj

orvalho do ceu disse...

Olá, estimada Eliane
Gostei muito da pergunta que nos fez... vejo sim, muitas vezes, tudo embaçado...
Obrigada pelo alerta tão significativo.
Seja abençoada e feliz!!!
Abraços fraternais com votos de serenidade.

orvalho do ceu disse...

Olá, Eliane querida
Venho propor-lhe algo no meu post de hoje...
Conto com sua participação amiga.
Excelente semana,cheia de ricas bênçãos!!!
Abraços fraternos