Ultimas noticias!

A horta

 Na primeira trégua da chuva observei o "jardim", misturado as flores da estação vi o que pareciam cebolas,   mais adiante cenoura...

1ª Feira de artesãos !!!

1ª Feira de artesãos !!!
Guarda do cubatão Palhoça

Minha família

Minha família
Turma da pesada!!!!

Seguidores

Powered By Blogger

Essa aqui sou Eu!!!!!

Minha foto
Tenho 49 anos, pinto, bordo, costuro e ainda trabalho fora. Comecei cedo a brincar com artesanato,Meu primeiro trabalho nunca esqueci, um beija flor alaranjado(so tinha um vidro de laranja e um de preto) mas acho que ficou interesante pois minha mãe me encheu de tinta e pinceis, tinha 12 anos e pintava com uma furia. naquele tempo não havia variedade de revista, só riscos que comprávamos na papelaria. pintei com a cara e a coragem por 6 anos até que fui fazer curso na profissional ai endoideci fiz pintura, arte aplicada, flores, bordado a mão, corte costura tudo que aparecia eu encarava. Fui seguindo o artesanato por todos esses anos, uma aulinha aqui, uma revista ali, tudo que aparece-se na tv. Até que achei a net, ai pirei de vez, todo dia acho algo novo que com um pouquinho de paciência consigo aprender. Sou isso uma Artesã com muito orgulho!!!!!

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Desiderata

Viva tranquilamente, por entre a pressa e os ruídos, e lembre-se de quanta paz há no silêncio. Tanto quanto possível, sem se render, esteja em bons termos com as pessoas. 
Diga sua verdade calma e claramente, e ouça os outros, mesmo os mais medíocres e ignorantes – eles também têm a sua história.

Evite as pessoas espalhafatosas e agressivas, pois essas são um insulto ao espírito. Não se compare com os outros, para não se tornar vaidoso ou amargo, e saiba: sempre haverá pessoas melhores e piores que você. Desfrute tanto de suas realizações quanto de seus planos.
Cultive seu trabalho, mesmo que ele seja humilde; esse é um bem real, frente às variações da sorte. Seja cauteloso em seus negócios, pois o mundo é cheio de armadilhas. Mas não deixe que isso o torne cego para a virtude, que está sempre presente; muitas pessoas lutam por ideais nobres e, por toda a parte, a vida é sempre exemplo de heroísmo.
Seja sempre você mesmo. E sobretudo nunca finja afeição. Nem seja cínico em relação ao amor, pois, apesar de toda a aridez e desencanto, ele é tão perene quanto a relva.
Aceite serenamente os ensinamentos do passar dos anos, renunciando suavemente àquilo que pertence à juventude. Fortaleça seu espírito para que ele possa protegê-lo diante de uma súbita infelicidade. Não antecipe sofrimentos pois muitos temores são apenas fruto do cansaço e da solidão. Mesmo seguindo uma disciplina rigorosa, seja leniente consigo.
Você é filho do Universo, tanto quanto as árvores e as estrelas; e tem o direito de estar aqui. E mesmo que isso não seja muito claro para você, não tenha dúvida de que o Universo segue na direção certa.
Portanto, esteja em paz com DEUS, não importa a maneira como você O concebe, e sejam quais forem as suas lutas e aspirações, na terrível confusão que é a vida, fique em paz com sua alma.
Pois, apesar de toda a falsidade e sonhos desfeitos, este ainda é um lindo mundo. Seja cauteloso. Lute para ser feliz.


Quando adolescente encontrei esse mesmo texto datilografado ( é sou do tempo da datilografia!!)com tinta verde embaixo de uma carteira na minha sala de aula.

Naquele tempo não tínhamos blog mas sim agendas recheadas de recortes, fotos , papel de bala. E foi la que guardei minha Desiderata com muito carinho. Chorei quando descobri que os cupins comeram tudo.

A lenda era que o texto havia sido encontrado em uma igreja muito antiga e vinha rodando o mundo.Hoje dizem que é de um poeta alemão Max Ehrmann.Não me interessa sua origem mas sim o bem que fez a mim e a uma geração.
Leia e pense se não vale a pena.


2 comentários:

Os olhares da Gracinha! disse...

Vale a pena fazer uma bela leitura como esta!
Gostei e bj

Poções de Arte disse...

Sem dúvida é um belo texto.
Viajei nas suas palavras - embaixo da carteira, agendas recheadas... Eu não tinha o costume de fazer agendas, mas num único ano, fiz e parecia um repolho rsrs.
Também sou da época da datilografia - era um dos cursos que fazíamos desde cedo (acho que eu tinha uns 12 anos qdo fiz).
Que bom que conseguiu recuperar o texto.
Abraços e ótimo dia.